Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

______BUÇACO______

TEXTOS ,SUBSÍDIOS, APOIO

______BUÇACO______

TEXTOS ,SUBSÍDIOS, APOIO

25
Mai23

100 anos CAMPO DE AVIAÇÂO


Peter

aviação.jpg

No dia 10 de Maio corrente passaram cem anos sobre a inauguração do campo de aviação do Bussaco, uma obra que contou com o apoio da Junta de Freguesia do Luso, das Àguas de Luso, da Comissão de Melhoramentos , da população da freguesia que contribuiu com horas de trabalho , dos comerciantes e industriais nativos. Nesta fotografia centenária podem ver-se os pilotos  que acompanharam os três aviões da força aéria, entre os quais  estava o capitão Craveiro Lopes, um homem que mais tarde foi general e desempenhou o cargo político de  Presidente da Republica. O campo, ou aerodromo,  rasgado no planalto da serra a quinhentos metros de altitude, não teve o sucesso que se esperaria e, porque era pouca a sua utilização, diversificou os recursos turisticos e passou a servir igualmente de campo  de golf ao serviço  sobretudo dos clientes do Palace do Buçaco. Foi frequentado pelo próprio Craveiro Lopes e maioritariamente por germanicos e ingleses.

trem.jpg

O Luso , mercê das termas, passou de aldeia a vila mas não chegou a cidade, apesar de recentemente , entre os três candidatos ao lugar , surgisse perante a lei como a mais bem pontuada povoação para o ser, apesar de nehum dos pretendentes  terem tal pontuação. Como sempre, mesmo sem aval da lei, foi tudo para a Mealhada , donde em contrapartida nunca veio coisa nenhuma. O Luso não tem história escrita, apesar dos muitos episódios que pela freguesia tem acontecido e não chegou a concelho em 1900 , quando era bem mais importante que a sede concelhia, porque ela própria , municipio, foi o primeiro e talvez único opositor ao desejo manifestado pela popução. O Luso não tem história a sua escrita, mas dentro deste território administrativo tem uma história real que nenhum outro tem, coisa que a administração publica nunca levou em conta. Esta falta de história escrita é um lapso  tremendo na memória comum , uma vez que comunidade sem referências, cultura própria, anseios , digamos sonhos, é uma terra sem identifição interior , sem alma. 

 

22
Abr23

AMANHECER


Peter

cruzalta.jpg

Imagem norte-sul pelo nascer da Aurora. Começo da Primavera, 2023. No alto distingue-se a silhueta da Cruz Alta com todo o arvoredo em  sentinela de alva. Para o lado de lá dezena e meia de quilometros ate´Penacova , ao rio Mondego e ao Alva.  Manhã de sol e de frio num tempo em mudanças naturais defendendo o ambiente.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub