Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

______BUÇACO______

TEXTOS ,SUBSÍDIOS, APOIO

______BUÇACO______

TEXTOS ,SUBSÍDIOS, APOIO

06
Mar23

UM BUSSACO SEM DONO


Peter

aceiro.JPG

Aqui temos uma fotografia da encosta do Sacramento na Serra do Buçaco. Da Porta das Lapas, que não se vê, ao Caifás, às Portas de Coimbra, a Stº Antão e à Cruz Alta tudo é um mundo de espessa vegetação. Na foto, observando com atenção, a Mata é à esquerda, a vegetação mais verde e variada como se consegue distinguir em relação á da encosta, à direita, onde a base global é o eucalipto. Um espaço é publico, o património da Mata Nacional , o outro é privado, o eucaliptal da direita. Acontece que entre os dois pontos terminais, ou seja, a Porta das Lapas e a Cruz Alta, há um muro com três metros de altura, e da parte da fora rente ao mesmo muro que se estende por 5.750 metros de perímetro, corre um largo aceiro que deveria dar acesso a uma equipa de intervenção rápida em casos de incêndios ou catástrofes naturais.
 

caifazlonge.JPG

Na fotografia acima, tanto o muro como o aceiro deveriam estar completamente à vista, tal como em tempos idos. Hoje está no estado que se mostra, intransitável, prevenção não há nenhuma e o perigo de todo o património vir a arder numa próxima oportunidade é evidente. Como cidadão da freguesia onde está este bem insubstituível, pergunto o que está a fazer numa fundação politica, um curioso sujeito que leva cinco mil euros ao fim do mês para casa e deixa o património que está á sua guarda neste estado lastimoso. Não vivemos num país de bonecos e a população bem como os eleitos locais , não podem estar silenciosos perante o desbragamento constante da coisa publica.
 
 
 
 
 
 
 
03
Mar23

UMA RIDICULA BTL


Peter

 

buça.JPG

Temos na mão o diário de Coimbra do  dia 3 de Março corrente que dá conta da presença da Mealhada na BTL, Feira de Turismo de Lisboa. Pela voz da vice presidente, o turismo é o leitão, o carnaval, o vinho e o pão. Pobre e ridícula política (?) da  vice presidente, que se atreve a proclamar o que não sabe, o que é turismo, confundindo-o com gastronomia , numa demonstração do desinteresse e do ódio que o executivo camarário atual, na linha de alguns anteriores, dedica á vila do Luso e aos seus recursos turísticos, os únicos que existem na ária territorial do municipio.  Não bastava a ida do turismo  á feira do Cartaxo, alguns anos atrás, pela mão do atual presidente, então vereador, que pelos  vistos não progrediu nada no conhecimento da hotelaria e do turismo.  

tenis.jpg

Na feira do turismo deste ano, o municipio limita-se de forma leviana e irresponsável  a retirar a freguesia do Luso, a hotelaria, as termas, o centro desportivo, o Luso-Bussaco do certame, num ataque feroz á maior riqueza e potencialidades que existem neste concelho , que tem à sua frente uma equipa indigna de receber em mãos, por via administrativa, bens que não sabe gerir, como são os recursos em questão, as Termas do Luso e a Mata Nacional do Bussaco, esta  representada pela curiosidade dum escolhido elemento partidário  numa  escolha  secreta e programada no tempo.

No jornal, uma fotografia atesta a presença da vice, no texto o Luso-Bussaco é intencionalmente esquecido. Se não sabem ou não querem respeitar o património, deverão ter a hombridade de pedir a demissão dos cargos que ocupam , já que , sendo assim, tiveram a ousadia politica de se candidatar a eleições para enganar o munícipe e esquecer os interesses da comunidade.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub